TEMA: O sistema prisional brasileiro e seus efeitos no século XXI

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TEMA: O sistema prisional brasileiro e seus efeitos no século XXI

Mensagem por lucaspole em Qua Fev 22, 2017 10:18 pm

O Abandono

A prisão moderna surgiu com o intuito de possibilitar a reintegração dos presos na sociedade, além de evitar a pena de morte. Contudo, esse aspecto principal do sistema carcerário foi pouco incentivado, sobretudo, no Brasil ao decorrer dos séculos. A redução dessa ideia principal reflete os problemas das cadeias no século XXI, relativo à estrutura, a condição dos detentos e a segurança da nação.

A estrutura dos presídios no Brasil remete a uma situação de abandono. Tendo em vista, que as diversas prisões do pais são superlotadas, assim apresentam péssimas condições de higiene e alimentação para os detentos. Consequentemente, sendo um ambiente propicio a diversas doenças. Isso é um dos fatores que auxiliam para reincidência dos condenados ao crime, pois só pioram o processo de reintegração.

Esse descaso com os presídios, por parte do governo, reflete as revoltas executada pelos presos, em janeiro de 2017. Essas rebeliões acontecidas no norte do pais, no Amazonas e em Roraima, fizeram cerca de cem mortos, além da fuga de centenas de presos. O ocorrido revela que os presídios brasileiros não conseguem manter a segurança da população no estado atual.

É inegável que a situação atual do sistema carcerário não pode se manter intacta. Diante disso, é primordial governo investir na reintegração dos presos na sociedade através programas profissionalizantes que visam a inserção no mercado de trabalho. Outro ponto fundamental é conscientização dos juristas em adotarem penas alternativas com caráter educativo, desse modo reduzindo a superpopulação carcerária. Enfim, garantindo um sistema prisional “humanizado”.
avatar
lucaspole
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 3
Pontos : 9
Data de inscrição : 20/02/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: O sistema prisional brasileiro e seus efeitos no século XXI

Mensagem por Francis Bacon em Sex Fev 24, 2017 6:20 pm

O Abandono

A prisão moderna surgiu com o intuito de possibilitar a reintegração dos presos na sociedade, além de evitar a pena de morte. Contudo, esse aspecto principal do sistema carcerário foi pouco incentivado[E][] sobretudo, no Brasil[,] ao decorrer dos séculos. A redução dessa ideia principal reflete os problemas das cadeias no século XXI[] relativos à estrutura, à condição dos detentos e à segurança da nação.

A estrutura[R] dos presídios[,] no Brasil[,] remete a uma situação de abandono[,] tendo em vista[] que as diversas prisões do país estão superlotadas[.] Assim[,] apresentam péssimas condições de higiene e alimentação para os detentos. Consequentemente, sendo um ambiente propício a diversas doenças. Isso é um dos fatores que auxiliam para reincidência dos condenados ao crime, pois só pioram o processo de reintegração.

Esse descaso com os presídios[] por parte do governo[] reflete as revoltas executada pelos presos[] em janeiro de 2017. Essas rebeliões acontecidas no norte do país, no Amazonas e em Roraima, fizeram cerca de cem mortos, além da fuga de centenas de presos. O ocorrido revela que os presídios brasileiros não conseguem manter a segurança da população no estado atual.[PD][R][TP]


É inegável que a situação atual do sistema carcerário não pode se manter intacta[?][E]. Diante disso, é primordial que o governo invista na reintegração dos presos na sociedade por meio de programas profissionalizantes que visem a inserção do detendo no mercado de trabalho. Outro ponto fundamental é a conscientização dos juristas para adotarem penas alternativas com caráter educativo[F], desse modo[,] reduzindo a superpopulação carcerária. Enfim, garantindo um sistema prisional “humanizado”.

Nota: 
I
100
O participante demonstra domínio mediano da norma-padrão, apresentando grande quantidade de desvios gramaticais e de convenções da escrita graves ou gravíssimos, além de presença de marcas de oralidade. Assim, há certos desvios graves que ocorrem em várias partes do texto, revelando que muitos aspectos importantes da norma-padrão ainda não foram incorporados aos seus hábitos linguísticos. O participante que realizar muitos desvios graves ou gravíssimos, mas não apresentar desestruturação sintática em excesso, receberá essa pontuação.
II
160
O participante desenvolve bem o tema, mas não explora os seus aspectos principais. Desenvolve uma argumentação consistente e apresenta bom domínio do tipo textual dissertativo-argumentativo, mas não apresenta argumentos bem desenvolvidos. Os argumentos defendidos não ficam restritos à reprodução das ideias contidas nos textos motivadores nem a questões do senso comum.
III
80
O participante apresenta informações, fatos e opiniões pouco articulados ou contraditórios, embora pertinentes ao tema proposto. O texto que se limitar a reproduzir os argumentos constantes na proposta de redação, em defesa de um ponto de vista, também receberá essa pontuação.
IV
120
O participante articula as partes do texto, porém com algumas inadequações na utilização dos recursos coesivos. A redação enquadrada neste nível poderá conter eventuais desvios, como: frases fragmentadas que comprometam a estrutura lógico gramatical; sequência justaposta de ideias sem encaixamentos sintáticos; ausência de paragrafação; frase com apenas oração subordinada, sem oração principal. Poderá conter ainda desvios de menor gravidade: emprego equivocado do conector; emprego do pronome relativo sem a preposição, quando obrigatória; repetição desnecessária de palavras ou substituição inadequada sem se valer dos recursos de substituição oferecidos pela língua. Esta pontuação deve ser atribuída ao participante que demonstrar domínio regular dos recursos coesivos.
V
120
O participante elabora proposta de intervenção relacionada ao tema, mas pouco articulada à discussão desenvolvida no texto. Desenvolvimento mediano dos meios para realizá-la.
Aviso:
*Lembre-se de que a quebra de linha entre os parágrafos, presente nesse fórum, é somente para facilitar a leitura do texto. No ENEM, a paragrafação deverá ser feita sem quebra de linha, apenas com o espaçamento entre a margem e o início de cada parágrafo.*
Legenda de Erros:         
[!]
Evite
[C]
Conectivo
[F]
Fuga de Tema ou Tese
[N]
Norma Culta
[R]
Repetição


[?]
Confuso
[E]
Explique/Explicite
[G]
Gênero Textual
[PD]
Parágrafo Descritivo
[TP]
Trecho Prolixo

[!] = expressão não indicada por conter possível: clichê; cacofonia; preciosismo; pleonasmo; redundância; generalização.
[?] = o trecho contém problemas na interpretação (releia): ambiguidade; difícil entendimento; ausência de sentido lógico. (COERÊNCIA)
[C] = ausência de conectivo ou uso incorreto do elemento coesivo em relação à sequência justaposta entre as frases e o seu significado. (COESÃO)
[E] = expressão inusual ou carece de fonte; com sentido incompleto (de que/quem, do que, pra que/quem, qual/quais, como???) (o corretor não vai parar a correção para procurar o significado do que você quis dizer).
[F] = o trecho aborda de maneira superficial o tema sugerido (foque no tema da proposta, e não no assunto); aborda uma ideia que não esteja explicitada na tese; proposta de intervenção solucionando problema que não foi desenvolvido ao longo do texto.
[G] = texto com falhas no gênero dissertativo-argumentativo: tese rasa ou não explícita; parágrafo em sequência diferente do padrão (intro. > desenv. > concl.); verbo em 1ª ou 2ª pessoa; proposta de intervenção conjugada em tempo verbo não pertencente ao imperativo afirmativo.
[N] = expressão ou palavra contém traços de informalidade.
[PD] = o parágrafo não contém argumentação ou tende para a descrição sobre o tema (lembre-se de que fato sozinho não sustenta argumento, é preciso explicitar como ele se desenvolve em problema).
[R] = o trecho contém termos repetidos: palavra (COESÃO); ideia (COERÊNCIA).
[TP] = o trecho contém informação desnecessária: prolongamento irrelevante de seu conteúdo por meio de argumentos abundantes ou palavras postas em demasia.

_________________
avatar
Francis Bacon
Corretor
Corretor

Mensagens : 872
Pontos : 1010
Data de inscrição : 13/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum