TEMA: O desafio de se conviver com a diferença

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TEMA: O desafio de se conviver com a diferença

Mensagem por Yumih em Ter Jul 05, 2016 7:32 pm

Textos motivadores

Texto 1
A cultura adquire formas diversas através do tempo e do espaço. Essa diversidade manifesta-se na originalidade e na pluralidade das identidades que caracterizam os grupos e as sociedades que compõem a humanidade. Fonte de intercâmbios, de inovação e de criatividade, a diversidade cultural é tão necessária para o gênero humano como a diversidade biológica o é para a natureza. Neste sentido, constitui o patrimônio comum da humanidade e deve ser reconhecida e consolidada em benefício das gerações presentes e futuras.

Texto 2


Redação

Título: Brasil de contrariedades

Em um filme chamado "A Onda", alunos de uma escola organizam uma espécie de ditadura em sala de aula, estabelecendo modos de agir e vestir para todos da turma. No dia seguinte, Karo, uma aluna, é alvo de zombaria e exclusão pelo simples fato de não apresentar a vestimenta branca imposta. Semelhante a tal situação, a sociedade brasileira divide-se em grupos fechados e intolerantes ao diferente, contrariando o fato de vivermos em um dos países mais miscigenados do mundo.

Portugueses, espanhóis, alemães, índios, africanos, japoneses, coreanos, chineses... muitas são as etnias presentes no Brasil. Nesse contexto, seria inadmissível o preconceito racial, pois sua prática implicaria na discriminação da maioria da população brasileira. No entanto, sabemos que ele existe em nosso país, ainda que de maneira contraditória, e dá origem a várias conflitos internos. O termo "brasileiro" tornou-se vago e pode até tomar sentido negativo para alguns, que declaram-se diferentes de outros nascidos no Brasil. Para não cair no desgosto desses indivíduos, é necessária ainda a classificação em "subgrupos".

Por "subgrupos" entendem-se as variedades raciais, religiosas, culturais ou políticas que geram a inclusão de semelhantes e a exclusão de distintos. Na escola, fazem-se presentes como "panelinhas", no futebol, como torcidas organizadas, na política, como partidos e , na religião, como doutrinas. Essas diferenças, embora insignificantes nos quesitos "ser humano" e "ser brasileiro", aparentam ter enorme importância para muitos que, ao invés de respeitarem as diferenças e escolherem o convívio pacífico, optam por defender seus ideais à base de violência física e moral.

Assim, vivemos em uma situação contraditória em que brasileiros discriminam brasileiros. Enquanto o país for fragmentado em pequenos grupos intolerantes, não haverá respeito, apenas conflitos. Para que, futuramente, vivamos em um Brasil com menos preconceitos de cunho racial, religioso, cultural ou político, serão necessárias medidas como a eliminação das "panelinhas" nas escolas, para que as crianças cresçam entendendo a diversidade como normal, e o incentivo à maior interação entre os diferentes, por meio de campanhas e eventos, para incentivar a tolerância e o convívio pacífico. Eis que o paradoxo da sociedade brasileira seria quebrado.

Yumih
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 1
Pontos : 3
Data de inscrição : 23/06/2016
Idade : 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: O desafio de se conviver com a diferença

Mensagem por Francis Bacon em Sab Ago 27, 2016 5:52 pm

Redação em correção* 
Não se esqueça de visualizar sua caixa de mensagens privadas após a correção, pois o conteúdo dela é de extrema importância para o fórum!
Obrigado, 
Equipe Redação Nota 1000

_________________
avatar
Francis Bacon
Corretor
Corretor

Mensagens : 872
Pontos : 1010
Data de inscrição : 13/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum