TEMA: O envelhecimento da população brasileira: o país está preparado para essa realidade?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TEMA: O envelhecimento da população brasileira: o país está preparado para essa realidade?

Mensagem por Gabs em Ter Mar 29, 2016 7:49 pm

Segundo Jean-Paul Sartre, o homem é, em sua essência, fruto do meio em que vive. Sendo assim, entende-se que o envelhecimento populacional é produto da fomentação do desenvolvimento, principalmente industrial, do país. A consequente diminuição do crescimento vegetativo indica que, em algumas décadas, o número de idosos no país será maior do que o mesmo pode arcar economicamente.
      Tal envelhecimento demanda novos desafios para o Estado, haja vista que a População Economicamente ativa concentra-se nos mais jovens. Portanto, constata-se uma progressiva redução da capacidade produtiva, se tornando um obstáculo para o crescimento econômico. Contudo, o número de pessoa que possuem dependência socioeconômica dessa produção só tende a aumentar.
       Além disso, o contínuo aumento da expectativa de vida ocasiona em um maior tempo tanto da permanência das pessoas no sistema previdenciário, recebendo a aposentadoria, como também de atendimentos médicos necessários, que podem sobrecarregar o precário sistema de saúde brasileiro.
       Percebe-se um aumento das solicitações dos benefícios por um grande contingente de pessoas, ao atingirem a idade mínima, o que deve gerar instabilidade à previdência social. Para modificar tal cenário, deve haver um estímulo aos setores trabalhistas, para que diminuam a desvalorização de seus empregados no decorrer do avanço da idade, visando frear tal aumento de solicitações. Ademais, tomando como base o percentual de desempregados e trabalhadores informais no Brasil, a geração de novos empregos pode se tornar uma nova fonte de recursos que financiariam a revisão necessária na previdência social, evitando déficits na economia nacional. Diante disso, a preocupação com o bem estar dos idosos poderá ser conciliada com as contas públicas.

Gabs
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 1
Pontos : 3
Data de inscrição : 29/03/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: O envelhecimento da população brasileira: o país está preparado para essa realidade?

Mensagem por Francis Bacon em Seg Jun 06, 2016 7:28 pm

Segundo Jean-Paul Sartre, o homem é, em sua essência, fruto do meio em que vive. Sendo assim, entende-se que o envelhecimento populacional é produto da fomentação do desenvolvimento, principalmente industrial, do país. A consequente diminuição do crescimento vegetativo indica que, em algumas décadas, o número de idosos no país será maior do que o mesmo[cuidado! O mesmo quem?] pode arcar economicamente.


Tal envelhecimento demanda novas desafios para o Estado, haja vista que a População Economicamente ativa concentra-se nos mais jovens[fonte?]. Portanto, constata-se uma progressiva redução da capacidade produtiva, se tornando um obstáculo para o crescimento econômico. Contudo, o número de pessoa que possuem dependência socioeconômica dessa produção só tende a aumentar.[explique.]


Além disso, o contínuo aumento da expectativa de vida ocasiona em um maior tempo tanto da permanência das pessoas no sistema previdenciário, recebendo a aposentadoria, como também de atendimentos médicos necessários, que podem sobrecarregar o precário sistema de saúde brasileiro.[discorra. Explique. Conclua.]


Percebe-se um aumento das solicitações dos benefícios por um grande contingente de pessoas, ao atingirem a idade mínima, o que deve gerar instabilidade à previdência social.[rep.] Para modificar tal cenário, deve haver um estímulo aos setores trabalhistas[através de que e de quem?], para que diminuam a desvalorização de seus empregados no decorrer do avanço da idade, visando frear tal aumento de solicitações. Ademais, tomando como base o percentual de desempregados e trabalhadores informais no Brasil, a geração de novos empregos pode se tornar uma nova fonte de recursos que financiariam a revisão necessária na previdência social, evitando déficits na economia nacional. Diante disso, a preocupação com o bem estar dos idosos poderá ser conciliada com as contas públicas.

Considerações finais: []

  • Geral:
  • Introdução:
  • Desenvolvimento:
  • Conclusão:

*Lembre-se de que a quebra de linha entre os parágrafos, presente nesse fórum, é somente para facilitar a leitura do texto, no ENEM, a paragrafação deverá ser feita sem quebra de linha, apenas com o espaçamento no início de cada parágrafo.*

Nota:
 
I160O participante demonstra bom domínio da norma padrão, apresentando poucos desvios gramaticais leves e de convenções da escrita. Assim, o mesmo desvio não ocorre em várias partes do texto, o que revela que as exigências da norma padrão foram incorporadas aos seus hábitos linguísticos e os desvios foram eventuais. Desvios mais graves, como a ausência de concordância verbal ou nominal, não impedem que a redação receba essa pontuação, desde que não se repitam regularmente no texto. Assim, o participante que realizar poucos desvios leves ou pouquíssimos desvios graves pode receber essa pontuação.
II120O participante desenvolve de forma adequada o tema, mas apresenta uma abordagem superficial, discutindo outras questões relacionadas. Desenvolve uma argumentação previsível e apresenta domínio adequado do tipo textual dissertativo-argumentativo, mas não apresenta explicitamente uma tese, detendo-se mais no caráter dissertativo do que no argumentativo. Reproduz ideias do senso comum no desenvolvimento do tema.
III120O participante apresenta informações, fatos, opiniões e argumentos pertinentes ao tema proposto, porém os organiza e relaciona de forma pouco consistente em defesa de seu ponto de vista. As informações são aleatórias e desconectadas entre si, embora relacionadas ao tema. O texto revela pouca articulação entre os argumentos, que não são convincentes para defender a opinião do autor. Explicita a tese, seleciona argumentos que possam comprová-la e elabora conclusão ou proposta que mantenha coerência com a opinião defendida na redação. Entretanto, os argumentos utilizados são previsíveis. Não há cópia de argumentos dos textos motivadores.
IV120O participante articula as partes do texto, porém com algumas inadequações na utilização dos recursos coesivos. A redação enquadrada neste nível poderá conter eventuais desvios, como: frases fragmentadas que comprometam a estrutura lógicogramatical; sequência justaposta de ideias sem encaixamentos sintáticos; ausência de paragrafação; frase com apenas oração subordinada, sem oração principal. Poderá conter ainda desvios de menor gravidade: emprego equivocado do conector; emprego do pronome relativo sem a preposição, quando obrigatória; repetição desnecessária de palavras ou substituição inadequada sem se valer dos recursos de substituição oferecidos pela língua. Esta pontuação deve ser atribuída ao participante que demonstrar domínio regular dos recursos coesivos.
V120O participante elabora proposta de intervenção relacionada ao tema, mas pouco articulada à discussão desenvolvida no texto.

_________________
avatar
Francis Bacon
Corretor
Corretor

Mensagens : 872
Pontos : 1010
Data de inscrição : 13/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum