Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil

Mensagem por telesmateus77@gmail.com em Qua Nov 08, 2017 3:04 pm

É notório que, na sociedade contemporânea, discussões versando sobre educação são polêmicas. Segunda Immanuel Kant, o ser humano é aquilo que a educação faz dele, ou seja, o indivíduo necessita do ensino para pensar de maneira crítica e instruída. No entanto, há a dificuldade em garantir os estudos para deficientes, principalmente nos casos em que o é surdo, pois as escolas não possuem a infraestrutura necessária e, além disso, há o problema do preconceito, muito presente nas empresas e instituições de ensino.

Primeiramente, é importante ressaltar que as escolas não são capacitadas ao ensino para jovens com deficiência auditiva, elas não apresentam professores dotados em Libra e nem materiais de aprendizado apropriados, dificultando o ensino do aluno, e também não há recursos tecnológicos que auxiliam no aprendizado do surdo, resultando na exclusão desse grupo. Além disso, segundo estatística do Inep, as escolas especiais representam 25% das matrículas de alunos surdos, mas estas segregam os aluno e causam a persistência de ojerizas, pois os alunos podem pensar que não são capacitados para estudar nas escolas comuns.

Contudo, o Brasil caminha lentamente para solução desse problema. Outra questão importante é a dos preconceitos, muito presente em empresas, pois os números de vagas para deficientes auditivos são poucas, ocasionando no agravamento dos preconceitos. No âmbito escolar, principal meio social do infante, também é muito presente, pois é onde pode ocorrer o "bullying", um grande problema que deve ser combatido. Desse modo, esses fatores resultam na intensificação de intolerâncias.

Fica evidente, portanto, que a vida do indivíduos surdos é muito conturbada, com exclusões e preconceitos, logo, medidas são necessárias para resolver o impasse. O Ministério da Educação, em conjunto com a Receita Federal, devem criar uma política socioeducativa de inclusão, podendo designar uma parte da arrecadação de impostos e investir em materiais de estudo apropriados e cursos da linguagem Libra , voltado para professores e alunos, com objetivo de capacitar as escolas, ampliar as alternativas de aprendizados e, assim, integrá-los socialmente. Ademais, a mídia, fazendo uso de seu impacto persuasivo, pode inserir em sua programação filmes e séries que apresentem personagens vítimas desses preconceitos, enfatizando o quão eles são excluídos socialmente, com o objetivo de mudar a sociedade, empresas e escolas em relação a esse tema

telesmateus77@gmail.com
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 2
Pontos : 6
Data de inscrição : 21/12/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum