TEMA: A doação de órgãos no Brasil

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TEMA: A doação de órgãos no Brasil

Mensagem por telesmateus77@gmail.com em Sab Out 28, 2017 3:23 pm

O filme "Um ato de coragem" mostra a vida de uma família que vive feliz, até que ele recebem a notícia que seu filho necessita de um transplante de coração, mas seu plano de saúde não cobre, e em uma atitude desesperada, seu pai, lutando pela sobrevivência do filho, toma o hospital como refém. Saindo do universo cinematográfico, a questão da doação de órgãos no Brasil é inadequada: muitos pacientes que precisam de transplantes morrem, pois o estoque de órgãos são mínimos. Portanto, essa é uma questão de saúde pública e de infraestrutura que precisam ser melhoradas.

De acordo com a pesquisa realizada em 2014 pela Agência Brasil, a quantidade de transplantes cresceu 63,4% em relação a 2004. Tal dado evidencia que a demanda de órgãos é progressiva, mas a sua doação é rara de acontecer, como explicitado na estatística da Associação Brasileira de Transplantes de órgãos, no qual diz que o número de famílias que negam a doação das estruturas biológicas de seus parentes dobrou em 7 anos, passando  de 22% para 47%. Logo, é um problema de saúde pública, pois a população que necessita de transplantes acaba sendo prejudicada, podendo causar em suas mortes.

Contudo, o Brasil caminha lentamente para a solução desse problema. A infraestrutura dos hospitais não foram projetadas para cirurgias complexas, pois não há os equipamentos necessários, estoques de órgãos suficientes e também não possui uma equipe médica capacitada, fatores que agravam a situação brasileira acerca do assunto. Além disso, a população periférica e indígena são as mais prejudicadas, pois, na
maioria dos locais onde vivem, não há cobertura hospitalar.

Fica evidente, portanto que este dilema prejudica muito a população e medidas são necessárias para resolver o impasse. O Governo em conjunto com a receita Federal deve criar uma política médica que disponibilize uma maior parcela dos impostos arrecadados para hospitais e universidades, com o objetivo de capacitar não somente os hospitais, na compra dos equipamentos necessários, mas também na formação de
médicos especializados. Além disso, a mídia, por sua vez, deve informar a população sobre a doação, inserindo em sua programação, filmes e novelas, que enfatizem a necessidade dos receptores de órgãos, com o fito de alterar o comportamento da sociedade acerca do tema.

telesmateus77@gmail.com
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 2
Pontos : 6
Data de inscrição : 21/12/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum