TEMA: O discurso de ódio nas redes sociais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TEMA: O discurso de ódio nas redes sociais

Mensagem por Rainer Vinicius em Sex Out 27, 2017 12:15 pm

Ao longo do processo evolutivo do século XXI, o Brasil, como um país miscigenado e multicultural, mediante a contextos históricos e éticos, desenvolve um novo problema em seu âmbito social: o discurso de ódio na internet. No livro "A divina comédia de Dante", é possível analisar a subjetividade humana através dos pecados capitais citados ao longo do enredo. Fora das páginas, hodiernamente, os pecados capitais evoluem e se codificam, ganhando nova forma e tornando-se o preconceito. Dessa maneira, é perceptível que a nova configuração social promove o caos e a opressão na sociedade.

Nesse contexto, percebe-se que o discurso de ódio nas redes sociais torna-se frequente. Dessa forma , tais fatores dessa problemática encontram-se na falta de ética e integridade do indivíduo ao navegar na internet e ao se expressar indevidamente nesse local onde quase não existem regras para manter uma ordem. Com isso, nota-se que a desordem social por meio da internet torna-se  constante no cotidiano. Prova disso é que segundo o IBGE, os brasileiros gastam 650 horas por mês em redes sociais, promovendo assim, um hábito vicioso ao menosprezar o outro indivíduo nos meios midiáticos.

Outrossim, é importante frisar que o preconceito mascarado como liberdade de expressão dificulta o convívio social. Paralelo a isso, a questão da opressão geralmente ocorre pelo desrespeito e ignorância do indivíduo. Tais ações vedam a liberdade, pois o livre arbítrio deixa de prevalecer quando uma pessoa é preconceituosa por desconsiderar o pensamento do outro, impossibilitando também, um debate acerca do assunto. Nesse viés, é possível evidenciar o período barroco inserido no cotidiano brasileiro. Tal fato é comprovado ao notar que a maioria da população de hoje herdou de Gregório de Matos a característica de "Boca do inferno".

Desse modo, portanto, medidas precisam ser tomadas para solucionar o impasse. Deve haver um novo olhar social sobre o uso das redes sociais, para assim, o caos e a opressão diminuírem consideravelmente. Para surtir um efeito maior, as famílias devem se conscientizar, além de terem uma cautela com os entes em relação ao uso correto das redes sociais. Também, o MEC deve promover palestras com a participação de psicólogos e coordenadores para a conscientização dos jovens nas instituições de ensino sobre as causas e consequências de um discurso de ódio nas redes sociais. E, só assim, os pecados capitais serão apenas lembranças que estarão contidas no livro, e não  intrinsecamente na sociedade.

Rainer Vinicius
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 3
Pontos : 9
Data de inscrição : 27/10/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: O discurso de ódio nas redes sociais

Mensagem por Caroline Job em Ter Nov 07, 2017 8:39 am

Muito bom!!!

Caroline Job
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 3
Pontos : 5
Data de inscrição : 07/11/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum