TEMA: Meios para combater o trabalho análogo ao escravista ,no brasil, no século XXI

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TEMA: Meios para combater o trabalho análogo ao escravista ,no brasil, no século XXI

Mensagem por Xset em Dom Ago 27, 2017 10:40 am

Castro Alves, em sua obra" Os escravos", descreveu com uma riqueza de detalhes, o meio insalubre que o modo de produção escravista proporcionava para sua mão de obra. Nesse sentido, apesar  de ter ocorrido a mudança de meio de produção, constata-se que muitos estados brasileiros sofrem com a ocorrência de casos trabalhistas análogos ao trabalho escravo, seja pelo o não cumprimento das leis de produção, seja pelo alto índice de desigualdade socio-economica.

É indubitável que o não comprimento das leis trabalhistas contribuem diretamente  para o surgimento da problemática. Pois elas buscam garantir uma série de seguranças e regulamentações na relação entre empregados e empregadores. Diante disso,vê-se
Necessário que essa relação  seja estabelecida mediante a leis, uma vez que o modo de produção atual prioriza lucro acima de tudo, dando as costas a opinião do empregado.

Outrossim, o alto índice de desigualdade socio-econômica  pode ser apontado como causador imediato do empecilho. Conforme diz o pensamento Marxiano, a economia é a base da sociedade, ou seja, os meios de produção determinam o modo de pensamento humano,  Tendo como  complemento o  ideário  Lamarckista que, por motivos de necessidade, propõe que  o meio acaba modificando o ser. Sobre esse ângulo, percebe-se, que os ideais vão paralelos ao empecilho, uma vez que o indivíduo, devido à sua Instabilidade socio-econômica, acaba que almejando sua ascensão social por meio de trabalhos insalubres, sem um órgão para regulamenta-lo, acarretando, provavelmente em um trabalho análogo ao escravista

Entende-se, portanto, que o não comprimento das leis e o o alto índice de desigualdade socioeconômico contribuem diretamente para o aparecimento do empecilho. Desse modo, a criação e o investimento  em politicas para combater-las  é imprescindível, e é um caminho para combater a problemática. Para isso, é necessário que os governos federais, estaduais e municipais ampliem e invistam em órgãos fiscalizadores e de denúncias trabalhistas (como sindicatos), com o objetivo de fiscalizar o comprimento da leis, e também,  é necessário que haja programas de apoio a indivíduos com renda inferior a um salário mínimo , com a finalidade de haver um nivelamento da  pirâmide socio-economica brasileira.

Xset
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 2
Pontos : 6
Data de inscrição : 10/07/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum