TEMA: Crise no sistema carcerário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TEMA: Crise no sistema carcerário

Mensagem por Dila em Qua Ago 09, 2017 11:44 am

Em janeiro de 2017 o Brasil ficou aterrorizado com o massacre que deixou vários mortos durante uma rebelião na penitenciária de Manaus. Isso é um exemplo da atual crise no sistema carcerário brasileiro; este deveria ser um meio propício para que o apenado, após o cumprimento de sua pena,fosse reintegrado na sociedade. Entretanto, essa organização prisional tem sido marcada pela superlotação que por sua vez gera problemas funcionais e contribuem para a reincidência dos presos ao âmbito criminoso.

De acordo com dados divulgados pelo Ministério da justiça, de 2000 a 2014 a população carcerária aumentou em cerca de 161% e o  déficit de vagas nas unidades prisionais está por volta de 230 mil. Em análise, há mais presos do que vagas , o que comprova a superlotação, um sério problema. Este, por conseguinte expõem os infratores á péssimas condições de higiene e alimentação, propensão a adquirir doenças graves e situações de torturas e hostilizações nas disputas por espaço. Tudo isso configura desrespeito á dignidade humana durante o confinamento,o que produz efeitos devastadores na situação psicológica e física dos condenados.

Segundo Durkheim, o fator social é a maneira coletiva de agir e pensar. De maneira análoga, é possível perceber que o convívio de detentos condenados por crimes mais leves com delinquentes perigosos e integrantes de facções de tráfico de drogas, aliado, muitas vezes, a falta da prática de atividades laborais produtivas que estimulem a cidadania, influenciam diretamente no aliciamento de recém-chegados nos presídios ao crime organizado. Haja vista que ao saírem ás ruas novamente, agora com mais habilidades e convicções meliantes, os “aprendizes do crime” retornarão às ações criminosas.

O caos presente no sistema prisional brasileiro precisa ser amenizado. Para tanto, cabe ao Governo do Estado mais investimentos na manutenção dos presídios para garantir melhores condições de saúde e alimentação aos encarcerados. Além da  criação de políticas que fiscalizem o exercício da separação de infratores de baixa periculosidade com criminosos experientes, como já é previsto em Lei. Por fim, as ONGS e Associações de Bairro em parceria com o Governo Federal podem criar cooperativas para o desenvolvimento de atividades que proporcionem aos presos oportunidade de capacitação e trabalho dentro das penitenciárias. Para que quando estiverem livres,eles  sejam encaminhados ao trabalho experimental em cooperativas interligadas aquelas . Desse modo, a problemática pode ser gradativamente atenuada.

Dila
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 1
Pontos : 3
Data de inscrição : 09/08/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: Crise no sistema carcerário

Mensagem por Francis Bacon em Dom Set 24, 2017 1:11 pm

*Redação corrigida, mas esperando resposta*
Não se esqueça de checar a sua caixa de mensagens, pois o conteúdo dela é de extrema importância para o funcionamento do fórum!
Obrigado,
Equipe Redação Nota 1000.

_________________
avatar
Francis Bacon
Corretor
Corretor

Mensagens : 872
Pontos : 1010
Data de inscrição : 13/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum