TEMA: Limites entre estética e saúde

Ir em baixo

TEMA: Limites entre estética e saúde

Mensagem por thaisiacruz em Ter Jul 04, 2017 3:34 pm

Permeada por um conceito de belo, a sociedade brasileira está em segundo lugar no ranking de cirurgias plásticas, segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética, sendo a lipoaspiração a mais popular por aqui. Tal conceito de belo, reproduzido pela mídia e influenciado pela indústria, contribui para uma compulsão pela estética, que, na maioria das vezes, traz consequências negativas para a qualidade de vida da sociedade.

A indústria da beleza impõe e a mídia reproduz um conceito de belo subjetivo, que costuma seguir o padrão mulher magra e homem musculoso, muito diferente do que se vê na realidade, levando o indivíduo a se enxergar como inadequado.

Uma das ideias de Francis Bacon, que declara o comportamento humano como contagioso, se encaixa perfeitamente à situação: o indivíduo, diante das imagens que não o representam, busca das mais variadas formas se enquadrar aos padrões estabelecidos como belos, chegando a atravessar o perigoso limite entre estética e saúde.

Dessa forma, a busca pelo corpo perfeito torna-se obsessiva, indo desde dietas inadequadas e não saudáveis até a doenças sérias como anorexia, bulimia e até mesmo depressão, pela constante frustração da mulher, de não ser magérrima, e do homem, de não estar com muitos músculos. Muitos recorrem a cirurgias clandestinas, em razão da falta de dinheiro. Outros, investem em pílulas que, na maioria das vezes, não tem receita médica, o que é muito arriscado para a saúde destas pessoas.

Concomitantemente a isso, vê-se as manifestações contrárias à imposição desses padrões estéticos, levantadas pelos grupos feministas, em prol de uma maior representatividade para as diferentes formas de beleza, sobretudo pela diversidade que há no país, não podendo ser tratado como belo essas poucas formas que são impostas à sociedade.

Diante disso, é muito importante que haja uma mudança estrutural no pensamento da população. Através das mídias, os próprios órgãos do governo, como o Ministério da Saúde, devem introduzir campanhas conscientização que informem quanto aos riscos das cirurgias clandestinas, da administração de remédios sem receita médica e da realização de dietas sem consulta ao nutricionista. Além disso, a indústria da moda precisa parar de olhar apenas para um padrão de beleza e olhar para a diversidade de belezas encontradas em um país miscigenado. A mídia deve reproduzir essa diversidade de belezas do Brasil, para que a população possa se contagiar com a aceitação das diferentes e encantadoras formas de beleza deste país.

thaisiacruz
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 1
Pontos : 3
Data de inscrição : 04/07/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: Limites entre estética e saúde

Mensagem por Francis Bacon em Qua Jul 05, 2017 11:02 am

*Redação corrigida, mas esperando resposta*
Não se esqueça de checar a sua caixa de mensagens, pois o conteúdo dela é de extrema importância para o funcionamento do fórum!
Obrigado,
Equipe Redação Nota 1000.

_________________
avatar
Francis Bacon
Corretor
Corretor

Mensagens : 872
Pontos : 1010
Data de inscrição : 13/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum