TEMA: Tecnologia e desemprego

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TEMA: Tecnologia e desemprego

Mensagem por Tácia Monteiro em Qui Fev 25, 2016 8:11 pm

É possível afirmar que o desenvolvimento da ciência e da tecnologia tem acarretado diversas transformações na sociedade, apesar de seus aspectos positivos, seu avanço reflete em mudanças de caráter preocupante, visto que o avanço da tecnologia limita o mercado de trabalho o que gera desemprego para a população.
Segundo um relatório do Fórum Econômico Mundial, o processo de desenvolvimento da robótica, da inteligência artificial e da biotecnologia deve eliminar 7,1 milhões de empregos durante os próximos cinco anos, nas maiores economias mundiais.  É um número exorbitante.  Contudo, esse não é um problema recente, seu surgimento deu-se principalmente na Revolução Industrial, na qual a mão de obra foi gradativamente substituída por máquinas, resultando no desaparecimento de inúmeras profissões. Podemos ter como parâmetro o filme “A fantástica fábrica de Chocolate” que implicitamente relata a mesma problemática, mostrando uma família que sofre com o desemprego devido ao surgimento das máquinas, já que os donos das fábricas optaram pela substituição por ser uma alternativa mais econômica e de mais lucro.
Portanto, é necessária uma reflexão urgente do que está sendo produzido. É preciso um controle da criação e do avanço tecnológico, não é favorável apenas produzir, antes é preciso, por exemplo, diagnosticar todas as consequências. O ideal seria que toda sociedade, obteve-se a participação e a informação desses novos recursos tecnológicos. Por fim, é imprescindível que a tecnologia seja sempre usada ao nosso favor como um complemento, visando sempre seus aspectos positivos e negativos, todavia sem deixar que esses processos resultem em novos problemas, já que o teoricamente a tecnologia foi criada com a finalidade da resolução de diversas problemáticas.

Tácia Monteiro
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 6
Pontos : 18
Data de inscrição : 15/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: Tecnologia e desemprego

Mensagem por Francis Bacon em Dom Mar 06, 2016 6:40 pm

É possível afirmar que o desenvolvimento da ciência e da tecnologia tem acarretado diversas transformações na sociedade, apesar de seus aspectos positivos, seu avanço reflete em mudanças de caráter preocupante, visto que o avanço da tecnologia limita o mercado de trabalho o que gera desemprego para a população.

Segundo um relatório do Fórum Econômico Mundial, o processo de desenvolvimento da robótica, da inteligência artificial e da biotecnologia deve eliminar 7,1 milhões de empregos durante os próximos cinco anos, nas maiores economias mundiais.  É um número exorbitante.  Contudo, esse não é um problema recente, seu surgimento deu-se principalmente na Revolução Industrial, na qual a mão de obra foi gradativamente substituída por máquinas, resultando no desaparecimento de inúmeras profissões. Podemos ter como parâmetro o filme “A fantástica fábrica de Chocolate” que implicitamente relata a mesma problemática, mostrando uma família que sofre com o desemprego devido ao surgimento das máquinas, já que os donos das fábricas optaram pela substituição por ser uma alternativa mais econômica e de mais lucro.

Portanto, é necessária uma reflexão urgente do que está sendo produzido. É preciso um controle da criação e do avanço tecnológico, não é favorável apenas produzir, antes é preciso, por exemplo, diagnosticar todas as consequências. O ideal seria que toda sociedade, obteve-se a participação e a informação desses novos recursos tecnológicos. Por fim, é imprescindível que a tecnologia seja sempre usada ao nosso favor como um complemento, visando sempre seus aspectos positivos e negativos, todavia sem deixar que esses processos resultem em novos problemas, já que o teoricamente a tecnologia foi criada com a finalidade da resolução de diversas problemáticas.

Considerações finais:

  • Geral:
  • Introdução:
  • Desenvolvimento: 1 parágrafo?
  • Conclusão: Cade a proposta de intervenção de talhada??

Nota:
I160O participante demonstra bom domínio da norma padrão, apresentando poucos desvios gramaticais leves e de convenções da escrita. Assim, o mesmo desvio não ocorre em várias partes do texto, o que revela que as exigências da norma padrão foram incorporadas aos seus hábitos linguísticos e os desvios foram eventuais. Desvios mais graves, como a ausência de concordância verbal ou nominal, não impedem que a redação receba essa pontuação, desde que não se repitam regularmente no texto. Assim, o participante que realizar poucos desvios leves ou pouquíssimos desvios graves pode receber essa pontuação.
II120O participante desenvolve de forma adequada o tema, mas apresenta uma abordagem superficial, discutindo outras questões relacionadas. Desenvolve uma argumentação previsível e apresenta domínio adequado do tipo textual dissertativo-argumentativo, mas não apresenta explicitamente uma tese, detendo-se mais no caráter dissertativo do que no argumentativo. Reproduz ideias do senso comum no desenvolvimento do tema.
III160O participante seleciona, organiza e relaciona informações, fatos, opiniões e argumentos pertinentes ao tema proposto de forma consistente, em defesa de seu ponto de vista. Explicita a tese, seleciona argumentos que possam comprová-la e elabora conclusão ou proposta que mantenha coerência com a opinião defendida na redação. Entretanto, os argumentos utilizados são previsíveis. Não há cópia de argumentos dos textos motivadores.
IV160O participante articula as partes do texto, com poucas inadequações na utilização de recursos coesivos. A redação enquadrada neste nível não poderá conter: frases fragmentadas que comprometam a estrutura lógico-gramatical; sequência justaposta de ideias sem encaixamentos sintáticos; ausência de paragrafação; frase com apenas oração subordinada, sem oração principal. Poderá, no entanto, conter alguns desvios de menor gravidade: emprego equivocado do conector; emprego do pronome relativo sem a preposição, quando obrigatória; repetição desnecessária de palavras ou substituição inadequada sem se valer dos recursos de substituição oferecidos pela língua. Esta pontuação deve ser atribuída ao participante que demonstrar domínio dos recursos coesivos.
V120O participante elabora proposta de intervenção relacionada ao tema, mas pouco articulada à discussão desenvolvida no texto.
avatar
Francis Bacon
Corretor
Corretor

Mensagens : 810
Pontos : 946
Data de inscrição : 13/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum